Posts da Categoria: Dicas de Casamento

Dicas de Casamento é uma categoria do blog da Vox Ambientações dedicada à publicação de notícias e tendências sobre casamento.

Os trâmites do matrimônio

os-tramites-do-matrimonio

A base de um casamento é o amor em seu estado mais sólido possível, mas engana-se que só isso basta para que a sociedade aprove – e comprove – a aliança entre dois corações apaixonados.

Um tanto de burocracia envolve a cerimônia civil matrimonial e, por isso, muitas pessoas são pegas de surpresa com a questão e acabam deixando até as últimas badaladas do sino para correr com os trâmites legais e rumar para a nova etapa da vida.

Abaixo, podemos conferir um passo a passo para quem está à procura de uma união estável reconhecida pelo cartório. Confira!

Procure por um Cartório de Registro Civil para fazer, ao oficial, o requerimento sobre a intenção de se casar. Na visita, os noivos devem levar as certidões de nascimento ou – caso já tenham sido casados, alguma vez, a certidão do casamento juntamente da adição do divórcio ou óbito original do cônjuge.

Outros documentos de identificação devem ser levados, como o RG, CPF, carteira de trabalho e carteira de habilitação – caso os tenha.

Vale lembrar que os noivos só podem se casar no município onde são residentes, por isso, um comprovante de residência deve ser levado também.

Com a documentação legal e entregue, o casal deverá escolher o regime de bens adotado para o casamento. Atualmente, existem três tipos:

Comunhão Parcial de Bens: neste tipo, a partilha de bens se dá a partir do momento em que o casamento é consumado, em caso de separação.

Comunhão Universal de Bens: aqui, todos os bens, adquiridos antes e durante o casamento, são partilhados igualmente, inclusive em casos de doação ou herança.

Separação de Bens: por fim, este tipo de regime deixa acordado que os bens não serão divididos igualmente entre o casal. Aí, deve ser acordado entre ambos a divisão, em caso de separação do casal. Mas, por lei, este regime é obrigatório tanto quando a noiva ou o noivo já possuem mais de 70 anos de idade.

01 Comentário
Compartilhe:
Categorias: Dicas, Dicas de Casamento Tags: , , ,

Sapato ou sandália para caminhar até o altar?

sapato-ou-sandalia

Como se dúvidas e escolhas já não fossem o suficiente no repertório de uma noiva, os maneirismos modernos trouxeram mais uma questão existencial que pode tirar o sono delas, enquanto não for bem resolvida: utilizar sapato ou sandália no dia do casamento?

Mas para responder a essa pergunta fundamental que vai guiar os passos dela até o noivo, no dia da cerimônia, é interessante a própria noiva responder a algumas perguntas para, então, ter um panorama melhor sobre qual calçado prosseguir até o casamento.

Qual o comprimento do vestido? E a altura do noivo?

Pois é, são dois elementos que podem facilitar a escolha por um sapato sem salto ou sandália. No caso do noivo, existe, ainda, homens que se sentem mal com relação à altura da mulher. Então, se for um caso que nem conversa aberta resolva, e o complexo for maior que o salto da noiva, o melhor é optar por sandália.

Outra opção que pode facilitar a escolha é a tendência que se criou de que, para vestidos clássicos e longos, são mais recomendados os sapatos como scarpin ou chanel. Enquanto modelitos curtos podem vir acompanhados de peep-toes e sandálias, por exemplo.

Quem escolher primeiro? O sapato ou o vestido?

O vestido e, então, o calçado. E vale a dica: não opte pelo modelo somente pela estética. O conforto vai ser essencial para os primeiros passos da noiva como casada.

Que tipo de tecido escolher para o calçado?

A liberdade é imperativa, nesse aspecto, sendo que já existem os mais diversos tipos de calçados fabricados em uma variedade ímpar de materiais. Por isso, deixe o seu bom gosto guiar a escolha, entre cetim, brocado, cetim ou veludo, e com ou sem adornos, como fitas cristais etc.

Deixe um comentário
Compartilhe:
Categorias: Dicas, Dicas de Casamento Tags: , , , , , , ,

Dicas para criar a lista de presentes do chá de cozinha

dicas-para-criar-a-lista-de-cha-de-cozinhaCom a data marcada e toda a cerimônia planejada, resta o planejamento de algo tão divertido quanto essencial para a vindoura vida a dois que o casal aguarda ansiosamente: o chá de cozinha.

O ideal, dizem, é que o evento seja realizado de três a quatro semanas antes da data do casamento. E o melhor: a organização dele, desde as músicas até as brincadeiras e a decoração, fica por conta das amigas, familiares e da madrinha da noiva. Um descanso, enfim, para ela.

Mas fica sob responsabilidade dela, no entanto, a lista de presentes. E, embora pareça fácil de se fazer, muitas noivas percebem que não possuem coisas fundamentais, no dia a dia do seu lar, somente quando elas se fazem necessárias.

Por isso, confira alguns itens que não podem faltar no seu chá de cozinha, e que são de praxe em grande parte dos outros eventos.

Lista de presentes para o chá de cozinha

Priorize os itens básicos e que fazem falta na casa, como potes de variados tamanhos e formatos, formas de gelo, luva térmica, baldes e bacias e recipientes variados.

Outras coisas que escapam à memória da noiva são os auxílios práticos que se pode ter na cozinha, como pilão, utensílios para cortar carne, escorredor e panos de prato, jarras, tigelas e espremedores.

Rodo e lixeira para a pia também são essenciais e caem bem na lista de presentes. O mesmo vale para o porta-detergente e a lixeira maior, para grandes volumes.

Itens de preparo de alimentos, ou para abri-los, como batedor de ovos, boleira, abridor de latas, ralador e tesoura, podem complementar a lista com elegância e muita praticidade.

Portanto, ao criar a sua lista, foque no essencial que não faz falta sempre. São itens que ajudam na organização da sua cozinha, e é melhor que ela já comece completa.

Deixe um comentário
Compartilhe:
Categorias: Dicas, Dicas de Casamento Tags: , ,
Página 1 de 2912345...1020...Última »

© 2012 Todos os direitos reservados a Vox Ambientações.

Guad Comunicação Interativa Like Marketing Digital